Amigos leitores que por aqui já passaram

quarta-feira, 18 de maio de 2011



...um dia eu paro,
mas é noite, então continuo...

5 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. E quando chegar a madrugada, o dia se tornará noite e o desejo de continuar permanecerá aceso.

    ResponderExcluir
  3. Hummm...
    Porque nunca é última é sempre a penúltima... vez!

    ResponderExcluir
  4. Como diria Raul Seixas: "Eu e o coração companheiros de absurdos no noturno..."

    ResponderExcluir